Wordfast

De Tradwiki
Ir para: navegação, pesquisa

O Wordfast foi criado em 1999 por Yves Champollion como uma alternativa gratuita ao Trados, com a maior parte das funcionalidades deste (e algumas a mais) e totalmente integrado ao Microsoft Word.

Em 2002, com a versão 3, o programa tornou-se comercial.

Em 2009, foi criado o Wordfast Pro, um programa com interface própria, independente do Word, e capaz de trabalhar com vários outros formatos de arquivo. O programa integrado ao Word também continuou a ser desenvolvido paralelamente, com o nome de Wordfast Classic.

Em 2010, foi lançado o Wordfast Anywhere, uma opção inteiramente on-line e gratuita.


Wordfast Classic[editar]

Wordfast Classic integrado no Microsoft Word

O Wordfast Classic funciona como um modelo do Microsoft Word, contendo um conjunto de macros que fazem o Word "se comportar" de forma diferente, passando a funcionar como uma ferramenta própria para tradução.

O programa e os arquivos por ele gerados são bastante simples e leves: as memórias de tradução e glossários, por exemplo, são arquivos de texto sem formatação (.txt). Por isso, e por funcionar em um ambiente bastante conhecido, o Microsoft Word, é uma boa opção de primeira CAT tool para tradutores que nunca trabalharam com esse tipo de ferramenta.

Além disso, apesar de sua simplicidade, o programa é bastante eficiente, incluindo alguns recursos que não são encontrados ou que são mais lentos e complicados em outros programas. Seu principal problema é a limitação ao Word — é até possível traduzir outros formatos do MS-Office*, como Excel, Access ou PowerPoint, mas atualmente os desenvolvedores recomendam utilizar, nesses casos, o Wordfast Pro ou Anywhere. Por outro lado, trabalhar dentro do Word também pode ter várias vantagens, já que é possível utilizar todos os recursos deste. Assim, quanto melhor o usuário conhecer as funções do Word, melhor será seu trabalho com o Wordfast Classic.

O programa pode ser ser baixado no site www.wordfast.net e testado por tempo indeterminado, desde que utilizando memórias de tradução de até 1000 segmentos, aproximadamente. O manual pode ser baixado no mesmo endereço mas está desatualizado, porém um manual online em português, atualizado para a versão mais recente, está disponível aqui.

Mais informações podem ser encontradas na wiki do Wordfast.

  • A opção de traduzir documentos do MS-Office outros que os do Word não é mais possível a partir do MS-Office 2013, em função de mudanças estruturais feitas pela Microsoft.

Wordfast Pro[editar]

Wordfast Pro e sua interface própria

O Wordfast Pro foi criado em 2009 como uma alternativa com interface própria, que pudesse lidar com vários outros formatos de arquivo além daqueles do Word (atualmente, funciona com arquivos Excel, Powerpoint, HTML, XML, TTX, PDF, SDLXLIFF, entre outros).

O programa tem a maioria das funções do Wordfast Classic, porém nem todas elas e nem sempre com a mesma eficiência. Por outro lado, tem várias limitações a menos: além do maior número de formatos de arquivo suportados, permite utilizar inúmeras memórias e glossários ao mesmo tempo, possibilita trabalhar facilmente com memórias e glossários compartilhados em rede ("remotos", "em nuvem"), etc.

O programa pode ser ser baixado no site www.wordfast.com e testado por tempo indeterminado, desde que utilizando memórias de tradução de até 500 segmentos, aproximadamente.

Mais informações podem ser encontradas na wiki do Wordfast.

Wordfast Anywhere[editar]

Interface on-line do Wordfast Anywhere

Criado em 2010, o Wordfast Anywhere é uma opção on-line e gratuita.

Sua interface lembra bastante o Wordfast Classic, porém todo o seu funcionamento se dá pela internet. O usuário cria um conta e uma senha no site freetm.com, faz upload do arquivo a traduzir e dos recursos que desejar utilizar (memórias, glossários, etc.) e faz a tradução on-line.

As principais vantagens, além da gratuidade, incluem poder trabalhar de qualquer lugar com uma conexão à internet, poder traduzir vários formatos de arquivo além daqueles do Word (XLS, XLSX, PPT, PPTX, HTML, TXML, MIF, INX, IDML, PDF), entre outras. As desvantagens são a própria dependência de conexão à internet e eventuais problemas de quebra de confidencialidade, por ser necessário enviar o arquivo a traduzir para um servidor de terceiros.

Mais informações podem ser encontradas na wiki do Wordfast.

Wordfast Server[editar]

O Wordfast Server não é propriamente uma ferramenta de auxílio à tradução, mas um servidor de memórias de tradução e glossários que pode ser usado pelas três versões do Wordfast. Podendo ser acessado de forma local ou remota, permite que vários tradutores, revisores e gerentes de projetos acessem esses recursos simultaneamente.

A restrição imposta a usuários de Wordfast Classic, relativa ao tamanho da memória de tradução (um milhão de segmentos) e à quantidade de arquivos (uma memória de tradução principal e uma de segundo plano – BTM) é eliminada com o uso do Wordfast Server.

O Wordfast Server pode ser usado sem restrições de volume e prazo na versão demo por até 3 usuários simultâneos. Esta limitação não existe na versão paga.