Localização

De Tradwiki
Ir para: navegação, pesquisa

No mercado de tradução técnica, chama-se localização (sigla l10n) a tradução de material relacionado a software, páginas de Internet e Tecnologia da Informação em geral. Para atuar nessa área, idealmente o tradutor deve ter bom conhecimento de informática, além de familiaridade com o uso de programas, aplicativos e mídias sociais. Todo e qualquer conhecimento da área de TI, processamento, software, hardware, recursos de computação, etc. é levado em conta no trato com a localização.

Em outros ramos da tradução, o termo localização também é usado em referência à "transformação" e adaptação das informações do texto de partida ao texto de chegada. Isto é, além da tradução propriamente dita (conversão de uma palavra de um idioma a outro), os clientes de localização buscam adaptar seu conteúdo à cultura do público-alvo do texto traduzido. Com isso, espera-se essencialmente que o texto chegue aos olhos do leitor com inteligibilidade.

Por exemplo, se um cliente solicita a localização de um videogame, página de Internet ou até mesmo um romance, caberá ao tradutor a responsabilidade de adaptar o conteúdo desse material ao público falante do idioma de chegada. Em muitos casos isso envolve a alteração de nomes de personagens, nomes de lugares, números de telefone e outras referências culturais: em suma, o tradutor tem alguma liberdade para modificar todas as informações que podem ser "localizadas". Uma personagem chamada Penny pode ser retratada em um texto de localização como Margarida, ou continuar sendo Penny, dependendo do público e dos objetivos definidos no escopo da tradução.

Cabe ressaltar que a localização tem um papel ainda mais importante quando o escopo do trabalho envolve variantes de um mesmo idioma. Muito se discute, por exemplo, se tradutores falantes de português do Brasil estão aptos a trabalhar conteúdos que envolvam português de outros países e regiões (Portugal, Moçambique, Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau e São Tomé e Príncipe), e o mesmo acontece em outros idiomas. No setor de localização, idealmente não se deve contar com os serviços de um tradutor brasileiro em projetos que envolvam português de países que não o Brasil, e vice-versa. Afinal de contas, a experiência do profissional de localização como nativo é um pré-requisito essencial na localização de um conteúdo. Além disso, em países de grande extensão territorial, como o Brasil, a diversidade de culturas e dialetos pode ser outro fator complicador.


Internacionalização (i18n)

Aos tradutores que trabalham com localização, é fundamental conhecer também o termo internacionalização. Enquanto localizar um produto consiste em trabalhar seu conteúdo pensando na aplicação a um local específico, internacionalizar é adaptar o conteúdo de maneira a fazê-lo abranger todos os conceitos referentes ao mercado global. Isto é, o conteúdo a ser traduzido não deve refletir apenas características específicas de determinada região ou comunidade; pelo contrário, o texto internacionalizado deve ser planejado e pensado de modo a "funcionar" bem para um público muito mais abrangente: o do mercado internacional.